conecte-se conosco


COVID-19

Paraná chega a 20,5 mil casos de coronavírus e 586 mortes

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

O boletim divulgado neste domingo (28) pela secretaria estadual da Saúde confirma 918 novos casos de coronavírus de residentes no Paraná e mais 24 óbitos. O Estado chegou a 20.516 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 e 586 perderam a vida por conta da doença. Há ajustes de município de residência detalhados ao final do texto.

 

INTERNADOS

Neste domingo (28), 714 pacientes com Covid-19 estão internados, 608 deles em leitos SUS (215 em UTI e 393 em leitos clínicos/enfermaria) e 106 em leitos da rede particular (39 em UTI e 67 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 814 pacientes internados, 409 em leitos UTI e 405 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

 

ÓBITOS

A secretaria estadual informa a morte de mais 24 pacientes. Todos estavam internados. São dez mulheres e 14 homens com idades que variam de 41 a 96 anos. Os óbitos ocorreram entre 18 e 28 de junho.

Os pacientes que faleceram residiam em Cascavel (8); Curitiba (5); Londrina (2); outras cidades que registraram uma morte são Araruna, Balsa Nova, Colombo, Congonhinhas, Goioerê, Planalto, São José dos Pinhais, Três Barras do Paraná e Tupãssi.

Leia Também:  Justiça nega pedido para adiar datas do Enem 2020

 

MUNICÍPIOS

De acordo com o boletim deste domingo, 348 cidades paranaenses têm ao menos um caso confirmado de Covid-19. Boa Esperança, Porto Vitória e São Jorge d’Oeste registram casos pela primeira vez. Em 132 municípios há óbitos em decorrência da doença.

 

FORA DO PARANÁ

O monitoramento da secretaria soma 226 casos de coronavírus de pessoas que não moram no Estado. Destas, 13 morreram.

Alteração de município:

– Um caso confirmado em 14 de junho em Guarapuava foi transferido para Curitiba.

– Um caso confirmado em 26 de junho em Almirante Tamandaré foi transferido para Cerro Azul.

– Um caso confirmado em 26 de junho em Adrianópolis foi transferido para Araucária.

– Um caso confirmado em 26 de junho em Balsa Nova foi transferido para Campo Largo.

– Um caso confirmado em 26 de junho em Rio Branco do Sul foi transferido para Cerro Azul.

– Um caso confirmado em 26 de junho em Rio Branco do Sul foi transferido para Itaperuçu.

Leia Também:  Número de candidatos ao vestibular 2020/2021 da UFPR cai 20,07%

 

Via: AEN.

COMENTE ABAIXO:

Campos Gerais

Arapoti edita novos decretos para conter avanço da Covid-19

Publicados

em

Foto. Divulgação.

A Secretaria Municipal de Saúde anunciou nesta quinta-feira, 14, novas medidas, estabelecidas em decretos municipais, para tentar conter o crescente número de casos do coronavírus. Nas últimas 24 horas o município teve a confirmação de duas novas mortes e 28 novos pacientes diagnosticados com a doença.

Para tentar frear os números, o município volta a proibir a aglomeração acima de dez pessoas em qualquer local, seja em eventos, via pública e até mesmo na residência das pessoas com churrascos e celebrações. Denúncias de aglomerações podem ser encaminhadas para o Whatsapp (43) 9 9164-4431.

Os comerciantes deverão novamente controlar o acesso a seus estabelecimentos, limitando a capacidade à metade liberada pelo Corpo de Bombeiros. Formação e organização de filas em frente ao estabelecimento serão de responsabilidade dos proprietários, que também deverão informar na entrada a capacidade de seu comércio, além da disponibilização obrigatória de álcool em gel. Estabelecimentos que desrespeitarem as normas sanitárias poderão ser fechados entre uma a duas semanas, caso haja reincidência.

As igrejas poderão realizar seus cultos desde que com a capacidade limitada à 50% e com o distanciamento de 2 metros entre os fiéis. Academias funcionarão limitadas a até 30% de sua capacidade total. Bares, lanchonetes e restaurantes também terão limitação de 50% de sua capacidade e deverão manter distância entre as mesas de dois metros e deverão evitar que clientes se aglomerem tanto no espaço interno do estabelecimento, como no externo.

O toque de recolher fica estendido das 23h até às 06h, com exceção de pessoas que estão indo ou voltando do trabalho, ou procurando atendimento médico. Por fim, o uso da máscara segue obrigatório, seja dentro de espaços e estabelecimentos comerciais e de serviços e também nas vias públicas. Agentes estarão fiscalizando e orientando a população para o cumprimento das normas.

Leia Também:  Pagamento do IPVA poderá ser parcelado em até cinco vezes

 

VIA: Folha Paranaense.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020