fbpx
conecte-se conosco


Política

Assembleia Legislativa do Paraná vai criar a Procuradoria Especial da Mulher

Publicados

em



(Foto: Divulgação)

Zelar pela defesa dos direitos das mulheres, bem como receber, examinar e encaminhar aos órgãos competentes as denúncias de violência e discriminação contra a mulher. Esses são dois dos objetivos da Procuradoria Especial da Mulher que será criada na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

O projeto de resolução da Mesa Executiva, comandada pelo presidente, deputado Ademar Traiano (PSDB), primeiro secretário, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) e pelo segundo secretário, deputado Gilson de Souza (PSC), será protocolado nesta terça-feira (28) e faz parte de uma série de medidas adotadas para aproximar o Legislativo da população.

O presidente Traiano disse que essa aproximação é um trabalho constante e abrir as portas da Assembleia para que as mulheres possam ter um espaço para fazer valer seus direitos é de extrema importância para toda a sociedade. “Todas as iniciativas em benefício das mulheres devem ser consideradas e levadas em frente sempre que possível. É isso que estamos fazendo ao propor a criação da Procuradoria aqui na Assembleia”.

Para Romanelli, a Procuradoria vai servir para ampliar o debate sobre os direitos das mulheres. “A Assembleia Legislativa passa a ter um importante canal para a promoção e qualificação do debate sobre os direitos das mulheres. A Procuradoria será fundamental para ampliar as ações de combate à violência e discriminação, além de acolher, proteger e valorizar a voz da mulher no parlamento”.

 

Leia Também:  Ratinho Junior decreta suspensão das aulas presenciais, serviços não essenciais e amplia toque de recolher

INICIATIVA

A Procuradoria deverá atuar nos mesmos moldes da Câmara dos Deputados, do Senado e também de outras Casas Legislativas. A sugestão da implantação aqui no Paraná foi da deputada federal Leandre Dal Ponte (PV) em visita à Mesa Executiva no mês de março, quando apresentou o trabalho desenvolvido por ela, como Procuradora da Mulher na Câmara dos Deputados.

COMENTE ABAIXO:

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Política

Prefeito de Ibaiti revoga licitação para compra de veículo devido a pandemia

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

Intenção era adquirir um novo automóvel com o valor de até R$ 190 mil para substituir o antigo veículo utilizado para realizar viagens a serviço da prefeitura

 

O agravamento da situação da Pandemia da Covid-19 tem atrapalhado os planos de gestores municipais e estaduais em diferentes localidades do país fazendo com que chefes dos Executivos tenham que mudar algumas decisões, como é o caso do prefeito de Ibaiti Dr. Antonely Carvalho.

Em janeiro deste ano, a prefeitura abriu uma licitação para aquisição de um novo veículo para ser utilizar em serviços ou viagens oficiais do Executivo municipal substituindo o atual automóvel Renault/Logan que já vem sendo utilizado há alguns anos. O valor do automóvel poderia ser de até R$ 190, mas devido ao novo cenário da pandemia, o prefeito decidiu por revogar o intenção. A decisão foi anunciada na manhã da quarta-feira (03).

“Decidimos realizar a compra de um novo automóvel ainda no início de janeiro porque atualmente temos um Renault Logan que é frequentemente utilizado em viagens oficiais e já está bastante deteriorado. Porém, decidimos suspender a licitação para compra de um novo veículo neste momento devido ao cenário crítico em que a pandemia se encontra”, explicou o chefe do Executivo.

Vale lembrar que o automóvel Logan foi doado ao município pela Receita Federal.

 

Leia Também:  Com incentivo do Estado, Renault anuncia investimento de R$ 1,1 bilhão

Informações: NP Diário.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020