conecte-se conosco

unopar

Política

Cisnorpi recebe R$ 1 milhão e confirmação de Centro de Especialidades

Publicados

em



(Foto: Divulgação)

O prefeito de Ribeirão Claro e presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro (CISNORPI), Mario Augusto Pereira, participou essa semana de uma solenidade no Palácio Iguaçu, em Curitiba, que reuniu presidentes de consórcios de saúde de todo o estado. Na ocasião, o governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou a liberação de R$ 1 milhão em repasses para a entidade, além de confirmar a construção de um Centro de Especialidades que atenderá o consórcio. A previsão é de que o governador faça o anúncio oficial em Jacarezinho, no dia 5 de julho.

Mario foi acompanhado pelo secretário de Indústria e Comércio, Benedito Jober Faganelli e pelo deputado estadual Cobra Repórter, um dos principais apoiadores da atual administração. Ele comemorou a notícia e salientou que o Centro de Especialidades é uma grande conquista para a população do Norte Pioneiro, que melhorará consideravelmente o serviço prestado pelo consórcio e o acesso da população a médicos especialistas.
 

O presidente do Cisnorpi destacou o apoio que tem recebido tanto para a entidade, como para administrar Ribeirão Claro. “Muito obrigado mais uma vez ao governador Ratinho Junior, ao secretário de Saúde Beto Preto e do deputado estadual Cobra Repórter. “Obrigado a todos em nome da população de Ribeirão Claro e do Norte Pioneiro por todo o apoio que vocês têm dado”, finalizou.

Leia Também:  Retomada econômica deve ter investimento público e gestão eficiente
COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Campos Gerais

TCE-PR diz não ter divulgado lista de benefícios irregulares do auxílio emergencial

Publicados

em

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) esclarece que não divulgou a lista de servidores municipais cujos nomes apareceram como beneficiários do auxílio emergencial do governo federal.  O levantamento foi realizado pela Corte em conjunto com a Corregedoria Geral da União (CGU).

A circulação de lista com os supostos recebedores do benefício ilegal provavelmente acontece em função de as prefeituras terem sido notificadas pelo Tribunal, desde esta quinta-feira (28 de maio), sobre a constatação da irregularidade. A decisão de não divulgar nomes visa preservar o sigilo fiscal e possibilitar que a investigação se aprofunde, definindo a possibilidade de eventual uso de CPFs por quadrilhas ou até mesmo a ocorrência de um erro de lançamento do próprio governo federal, além da eventual má-fé por parte do solicitante.

A única informação divulgada à imprensa, além do fato constatado pelo primeiro trabalho conjunto com a CGU, diz respeito ao número de servidores e valores por eles sacados em cada um dos municípios paranaenses.

O benefício tem natureza assistencial e se destina apenas a trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEIs), autônomos e desempregados, que cumpram determinados requisitos previstos no decreto n.º 10.316/20.

Leia Também:  Romanelli comemora 27 municípios da região sem registro de homicídios em 2020
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020