conecte-se conosco


Política

Joás destaca parcerias parlamentares e conquistas de investimentos para Santana do Itararé

Publicados

em

O prefeito de Santana do Itararé, Joás Ferraz Michetti, concedeu entrevista ao jornal Folha Extra onde destacou as parcerias da gestão municipal junto a parlamentares das esferas estaduais e federais, o que tem culminado na conquista de recursos e benefícios em prol da população. O Chefe do Executivo ainda falou sobre a atuação dos funcionários da prefeitura.

Primeiramente, Joás fez questão de parabenizar a equipe do Executivo pelos trabalhos realizados durante o ano de 2019. “Eu gostaria de parabenizar todos os funcionários e colaboradores que fazem parte da nossa gestão. São verdadeiros parceiros que têm nos ajudado muito sem medir esforços na busca de melhorias para o nosso município. Sem eles, jamais conseguiríamos administrar Santana e conquistar benefícios para população”, disse.

O prefeito também agradeceu o apoio dos parlamentares a nível estadual e federal que vem contribuindo para conquista de recursos e emendas para o município e, em especial, ao deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli. “Temos uma relação muito boa com o deputado Romanelli, pois é uma pessoa que tem nos ajudado muito na conquista de recursos e emendas. Tenho certeza que ele colocou Santana do Itararé em seu coração, pois está sempre disponível para nos apoiar e trabalhar na busca por recursos para o município”, comentou.

Dentre as conquistas obtidas junto ao deputado, Joás falou sobre os equipamentos destinados a Associação dos Catadores de Recicláveis do Município de Santana do Itararé (ASAGASI). “Em dezembro estive acompanhado dos nossos secretários e do presidente da Asagasi em Curitiba onde fomos recebidos no gabinete do deputado Romanelli. Na ocasião, assinamos um convênio que vai beneficiar a associação com um kit composto por balança eletrônica, empilhadeira elétrica, carrinhos para remoção dos bags, uma prensa hidráulica e uma esteira para separação dos recicláveis. Todo esse equipamento vai ser destinado e instalado no barracão da associação”, explicou.

Leia Também:  Canal de TV marca primeiro debate entre candidatos ao governo do Paraná

De acordo com Joás, esta conquista é importante não apenas para a Asagasi, mas para todo o município. “É uma conquista de toda a população, pois todo mundo ganha com este trabalho realizado pela Asagasi. O trabalho de reciclagem do lixo é diferenciado em Santana do Itararé, pois aqui em torno de 26% do lixo produzido é reciclado, um número bem superior à média nacional”, comemorou.

Outra conquista da gestão junto ao deputado Romanelli foi a assinatura do convênio liberando o valor de R$ 150 mil para aquisição de veículos que, de acordo com o prefeito, serão dois automóveis destinados a área da Saúde e uma para a Administração Pública. “Hoje uma gestão tem que ter bons parceiros para governar e temos isso a nível estadual e federal. Para população, isso é muito bom”, destacou.

O Chefe do Executivo também falou sobre o apoio dos deputados federais, como no caso de Diego Garcia. “O Diego Garcia destinou uma emenda no valor de R$ 100 mil para área da Saúde, valor que vamos aplicar na implantação do consultório odontológico na escola para atendimento das crianças que, além de frequentar as aulas, também vão receber tratamento dentário”, disse o prefeito.

Leia Também:  Beto Richa sinaliza que deve cumprir mandato e não disputar Senado

Na área de infraestrutura, Joás destacou o apoio do deputado federal e secretário do governo Ratinho Junior, Sandro Alex. “O Sandro Alex destinou recursos para que possamos recapar todas as ruas de Santana do Itararé, inclusive, as que estão asfaltadas devem receber um novo recape. As obras devem começar nas próximas semanas”, comentou.

Por fim, Joás deixou um recado aos parceiros e a população santanense. “Desejo à todos um grande ano de 2020 com muita saúde, paz e trabalho. Agradeço o apoio dos nossos parceiros e a confiança da nossa população em nossa gestão. Com certeza, será mais um ano de conquistas e melhorias para o nosso município”, finalizou.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Política

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Em nota pública divulgada na manhã desta segunda-feira (30), o Ministério Público do Paraná reiterou a necessidade de que sejam mantidas todas as medidas necessárias para a preservação da saúde e da vida em face da pandemia de Covid-19. Entre as medidas, destacam-se a contenção e o isolamento social, amplamente recomendadas pela Organização Mundial de Saúde e pela comunidade científica brasileira e internacional como as principais ações capazes de diminuir o impacto da doença, reduzindo o potencial de propagação e de mortes.

Na nota, o MP destaca ainda a necessidade, neste momento, da uniformidade de condutas necessárias para enfrentar perigo de tal magnitude, e que acompanha, em todo o Paraná, a edição de atos administrativos, principalmente os de caráter normativo, para que estejam devidamente fundamentados, com base em prévia manifestação da autoridade pública sanitária competente (municipal e/ou estadual), expressando as evidências epidemiológicas que os justifiquem.

Confira abaixo a íntegra da nota, assinada pelo procurador-geral de Justiça, Ivonei Sfoggia, pelo corregedor-geral do MPPR, Moacir Gonçalves Nogueira Neto, e pelo procurador de Justiça Marco Antonio Teixeira, coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção à Saúde Pública:

 

Nota Pública

O Ministério Público do Estado do Paraná, atento aos seus deveres de defesa dos direitos sociais e individuais indisponíveis, entre os quais prevalecem a vida e a saúde,  torna público, em face do novo coronavírus (Covid-19), a imprescindibilidade da contínua adoção de todas as medidas necessárias a preservar tão relevantes valores humanos, principalmente por meio da contenção  social, isolamento e mesmo a quarentena, quando assim declarada nos termos da lei federal que a prevê.

Leia Também:  PT confirma Fernando Haddad como candidato à Presidência

A disseminação do vírus ameaça gravemente o indivíduo e a própria sociedade, numa forma jamais experimentada antes.

Isso torna imprescindível medidas incomuns em nosso meio. Exige a necessária coesão social e das instituições na uniformidade de condutas necessárias para enfrentar perigo de tal magnitude.

Nossa primeira defesa é exatamente a união de propósitos e sacrifícios voltados às providências restritivas de convívio público, o que é amplamente recomendado pela Organização Mundial de Saúde e pela maioria da comunidade científica da área da saúde no Brasil e no plano internacional, como a principal medida capaz de diminuir o impacto da doença, reduzindo o potencial de propagação e de mortes. Acima de posicionamentos pessoais, devem prevalecer as evidências científicas que fundamentam as políticas públicas.

Nesse cenário, o isolamento social – ressalvadas as atividades essenciais que, pela sua natureza, não comportam interrupção – , é iniciativa que a experiência internacional demonstra ser mais efetiva, no momento, para reduzir a taxa de transmissão do vírus. Ela é indispensável em defesa dos mais elevados valores que condizem com a própria existência humana.

Leia Também:  Governo do Estado licita compra de máquinas para obras em estradas rurais

Evitar a rápida disseminação da doença no Paraná exige optar pelo princípio da proteção máxima das pessoas, sem prejuízo da adoção, pelas autoridades públicas competentes, das cautelas de caráter econômico indispensáveis à preservação de empregos e renda, além dos recursos essenciais à garantia dos direitos individuais e à subsistência das parcelas mais vulneráveis da população.

Nesse contexto, em que deve prevalecer o respeito à vida e à saúde, o MPPR  acompanha a edição de atos administrativos, principalmente os de caráter normativo, fiscalizando estejam devidamente fundamentados, com base em prévia manifestação da autoridade pública sanitária competente (municipal e/ou estadual), expressando as evidências epidemiológicas que os justifiquem.

A Instituição, no seu papel constitucional de resguardar a ordem jurídica e os valores superiores da sociedade, permanece em contínuo diálogo com as instituições públicas e privadas, no sentido de, em conjunto, identificar estratégias positivas em benefício dos paranaenses no enfrentamento do novo coronavírus.

O Ministério Público do Paraná tem clara a gravidade do momento e reafirma sua unidade institucional na defesa da vida e da saúde da população.

 

Curitiba, 30 de março de 2020

 

Ivonei Sfoggia

Procurador-Geral de Justiça

 

Moacir Gonçalves Nogueira Neto

Corregedor-Geral do MPPR

 

Marco Antônio Teixeira

Coordenador do Caop de Proteção à Saúde Pública

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020