conecte-se conosco

unopar

Política

Municípios do Norte Pioneiro recebem mais de R$ 1,5 milhão para obras em escolas

Publicados

em

Seis municípios da região do Norte Pioneiro podem comemorar a conquista de investimentos na área da Educação. Isso porque, nesta terça-feira (22), o governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou a liberação de R$ 36 milhões em investimentos para infraestrutura escolar. Foram assinadas ordens de serviço e licitação para 50 municípios do Estado e, entre estes, Andirá, Bandeirantes, Conselheiro Mairinck, Pinhalão, Tomazina e Wenceslau Braz.

Ratinho Jr falou sobre as ações que o governo vem desempenhando na área da educação em todo o Estado. “É um volume grande de investimento nas nossas escolas. Algumas obras estavam paradas por problemas e irregularidades. Estamos reorganizando essas demandas e levando para as escolas uma nova infraestrutura”, afirmou Ratinho Junior. “A ideia é modernizar as 2,1 mil unidades do Estado. Nossa programação financeira em cima desse objetivo é constante”, completou.

Para o governador, é importante que haja uma mudança trazendo as escolas para modernidade, o que beneficia diretamente professores e alunos tendo como resultado uma educação com maior qualidade. “Um ambiente físico saudável e mais novo gera mais segurança, melhora o dia a dia do professor e do aluno. Na medida do possível vamos modernizar todas aquelas escolas que pararam no tempo”, acrescentou.

Leia Também:  Com apoio de Alexandre Cury, vereadores conquistam retroescavadeira para Japira

Além dos investimentos que vem sendo realizados na rede estadual de ensino, Ratinho Jr garantiu que a Secretaria da Educação e do Esporte vem trabalhando para lançar um pacote de investimentos junto as prefeituras para fortalecer e melhorar a qualidade das redes de ensino municipais.

 

OBRAS

De acordo com o governador, as ordens de serviço que foram assinadas nesta terça-feira são para início imediato das obras que devem incluir readequação de salas de aulas, melhorias nos pátios, promover acessibilidade, adequações em redes elétricas, hidráulicas, cozinhas, banheiros e refeitórios.

Na região do Norte Pioneiro, o Colégio Estadual Juvenal Mesquita foi contemplado com o valor de R$ 173.880,00. Em Conselheiro Mairinck, o Colégio Estadual Francisco A. Almeida recebeu o valor de R$ 114.499,99. Em Pinhalão, o Colégio Estadual Rodolfo I Pereira recebeu a verba de R$ 228.364,52. Já em Tomazina, duas escolas foram contempladas, sendo a Escola Estadual Indígena Yvy Pora, com o valor de R$ 73.804,50, e o Colégio Estadual Manoel S. Gonçalves com a verba de R$ 62.530,00.

Leia Também:  Paraná se consolida como exemplo no combate a pandemia, diz Traiano

Outros dois municípios da região foram contemplados com autorizações de licitação para definição das empresas que irão realizar obras nas escolas. Em Andirá, o Colégio Estadual Barbosa Ferraz recebeu a autorização para licitar R$ 202.620,82 e, em Wenceslau Braz, o Colégio Estadual Ary Barroso recebeu a autorização de licitação no valor de R$ 714.229,57.

 

RETOMADA

O governador ainda destacou a retomada de obras que estavam paradas e, dentre as ordens liberadas, uma delas inclui o Colégio Estadual Francisco Pires Machado, no município de Ponta Grossa. A obra está entre uma das 15 apontadas pelo ministério público como envolvida nos esquemas de corrupção e desvio de dinheiro público e, devido a isso, os trabalhos foram interrompidos. Destas, nove já foram entregues a população, uma está em processo final para entrega. Outras três estão em andamento e duas serão licitadas até o início de 2020.

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Política

Maia aguarda proposta do governo para debater prorrogação de auxílio

Publicados

em

Najara Araújo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse hoje (4) esperar uma proposta oficial do governo sobre a prorrogação do auxílio emergencial de R$ 600 por mais 60 dias, para então dar início ao debate sobre o tema no Parlamento.

O projeto aprovado no Congresso e sancionado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, no início de abril, prevê o pagamento da renda mínima por três meses para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa Família e pessoas de baixa renda.

“A gente sabe das dificuldades, entende a preocupação do governo e gostaria de ter uma posição oficial do governo. Que ele encaminhe a matéria ao Parlamento para que a gente possa fazer o debate transparente”, disse Maia.

O governo já sinalizou a possibilidade de estender mais duas parcelas do benefício, mas com valor reduzido. Durante coletiva, Maia disse que há um sentimento favorável por parte dos parlamentares para a prorrogação do auxílio, mas que precisa de uma proposta oficial do governo para iniciar os debates em torno dos recursos para a prorrogação do auxílio. Segundo Maia, é preciso debater o impacto fiscal da prorrogação junto com a equipe econômica.

Leia Também:  Prefeito de Jaguariaíva entrega prestação de contas referente ao I Quadrimestre de 2020

“Se dependesse dos parlamentares teria ao menos mais duas ou três parcelas no mesmo valor de R$ 600. Mas tem o impacto, ninguém está negando o impacto, nem o governo a necessidade de prorrogação do benefício”, disse. “Sabemos que existe um custo e a construção da manutenção do valor por algum período precisa estar baseada também em construir as condições de forma coletiva com a equipe econômica e com o parlamento”, acrescentou.

 

Via: Agência Brasil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020