conecte-se conosco


Política

Pagamento do licenciamento veicular inicia dia 1º de agosto

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

O calendário de pagamento do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), exercício 2020, começa neste sábado (1º). Este ano, o Detran-PR não emitirá a carta de aviso aos proprietários de veículos por medida de economia.

O diretor-geral do Detran, Wagner Mesquita, alerta aos cidadãos para que não percam o prazo de pagamento. “É importante que o cidadão evite circular com o veículo de forma irregular, o que pode acarretar em infração de trânsito”, diz.

O prazo para pagamento do licenciamento anual é de acordo com o final das placas. Veículos com placas finais 1 e 2 devem ter o licenciamento quitado em agosto; para as placas que terminam com dígitos 3, 4 e 5, o vencimento ocorre em setembro; as que possuem final 6, 7 e 8, o prazo expira em outubro; placas com final 9 e 0, o prazo para quitação é em novembro.

A guia de recolhimento pode ser emitida por meio do Portal do Detran, no valor de R$ 86,50 para todos os veículos, e poderá ser paga nos caixas eletrônicos ou pelo Internet Banking dos bancos arrecadadores credenciados – Banco do Brasil, Santander, Sicredi, Bancoob (Sicoobe) e Rendimento.

De acordo com a Lei 23.263/20, sancionada no último dia 23, o cidadão que ainda não quitou o Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) deste ano tem a possibilidade de fazer o parcelamento junto à Secretaria da Fazenda.

Leia Também:  STF confirma não ser obrigatório portar título de eleitor para votar

Se a primeira parcela for quitada junto com demais débitos como multas e Seguro DPVAT, o CRLV já poderá ser emitido.

 

DIGITAL

O Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo não será mais emitido em papel-moeda a partir de 1º de janeiro de 2021, em cumprimento da Deliberação 180/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de 30 de dezembro de 2019. Apenas estará disponível em versão digital (CRLV-e), que já pode ser emitido pelo Portal do Detran em formato PDF e impresso em qualquer impressora comum, ou pelo aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). O CRLV-e é emitido em até três dias após a quitação dos débitos do veículo (Licenciamento, IPVA e DPVAT).

LEGISLAÇÃO

O motorista que for flagrado circulando com um veículo que não esteja licenciado estará cometendo uma infração de trânsito gravíssima. O Artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê aplicação de multa de R$ 293,47, perda de sete pontos na CNH e apreensão do veículo.

 

Leia Também:  Ex-prefeito e ex-servidora de São Jerônimo da Serra são condenados por crime de responsabilidade

Via: AEN.

COMENTE ABAIXO:

Política

Governo quer atrair mais investimentos produtivos para os municípios

Publicados

em

Foto. Divulgação AEN.

O Governo do Paraná quer atrair mais investimentos produtivos para os municípios, a fim de incrementar a oferta de emprego e renda localmente, segundo afirmou o vice-governador Darci Piana nesta quinta-feira (22) no Fórum Invest. O evento foi online e apresentou a prefeitos e secretários municipais as ações da Invest Paraná, agência estadual responsável pela prospecção de novos negócios e atração de empresas.

O objetivo é atrair novos recursos privados por meio da parceria do Estado com os municípios. “Queremos descentralizar os investimentos e facilitar a instalação de empresas em todas as regiões do Paraná”, afirmou Piana.

Durante a reunião, os técnicos da Invest Paraná destacaram alterações no programa de incentivos fiscais para garantir maior competitividade a empresas paranaenses. Entre as modificações estão a prorrogação do prazo para que empresas que atuam exclusivamente no e-commerce possam pleitear o benefício de crédito presumido e o tratamento tributário diferenciado para as empresas que operam pelos portos e aeroportos paranaenses – crédito presumido nas operações de saídas dos produtos.

O diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin explicou que um calendário de reuniões mensais com os prefeitos será criado para facilitar e antecipar a troca de informações. “A pandemia nos trouxe a preocupação de antecipar as informações. É preciso entender as regiões, ser ágil e transparente com os empresários e viabilizar os investimentos”, disse.

 

Leia Também:  “Estão abusando dos paranaenses”, diz Romanelli sobre aumento da tarifa de pedágio

BALANÇO

Segundo o balanço da Invest Paraná, desde 2019, já foram encaminhados 131 protocolos para análise de enquadramento de empreendimentos no programa de incentivo do Governo, com investimentos somados de R$ 16,3 bilhões e potencial de geração de 42 mil empregos. O Estado já atraiu cerca de R$ 20 bilhões em investimentos desde o ano passado, com a capacidade de criação de quase 63 mil postos de trabalho

 

PRESENÇAS

Participaram da reunião o secretário de Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge; o diretor de relações internacionais da Invest Paraná, Giancarlo Rocco; o presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Darlan Scalco; além de prefeitos e secretários municipais.

 

VIA: AEN.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020