conecte-se conosco


Política Estadual

Projetos criam mais condições práticas para municípios combaterem a dengue

Publicados

em


.

Dois projetos de lei do deputado estadual Tercilio Turini (CDN), que tramitam na Assembleia Legislativa do Paraná, criam mais condições práticas e fortalecem os municípios no combate à dengue e outras doenças. “A cada dia surgem pessoas doentes e as perspectivas são de mais confirmações em todo o Paraná. Apesar de todo esforço do poder público, sociedade organizada e grande parcela da população, a batalha contra o mosquito transmissor Aedes aegypti está longe de ser vencida”, enfatiza Tercilio.

Um dos projetos de lei, de número 34/2020 em parceria com o deputado Michele Caputo (PSDB), autoriza a cessão de agentes de saúde, outros profissionais da área e também de máquinas e equipamentos, de um município para outro, em ações emergenciais para conter epidemias. “A proposta é permitir e incentivar a colaboração, possibilitando um trabalho integrado, de união de forças. Um município pode muito bem auxiliar o outro com recursos materiais e humanos no enfrentamento da dengue. Até porque a proliferação do mosquito num local representa muito perigo a todo o entorno”, diz o deputado.

Leia Também:  Deputado Waldyr Pugliesi admite desistir de reeleição

O outro projeto, número 154/2020, propõe a normatização de ações mais efetivas e até punitivas, como multas, numa iniciativa de alerta e de endurecimento diante de pessoas, empresas e instituições que não cumprem com sua missão de eliminar focos do Aedes aegypti. “Medidas urgentes e até mais enérgicas mostram-se obrigatórias para enfrentamento da epidemia. É necessário estabelecer mecanismos imediatos, que também possam ser utilizados nos próximos anos”, destaca.

Os dois projetos estão em análise na Comissão de Constituição e Justiça e em breve devem ser votados em plenário. A lei municipal de 2002, que autoriza a Prefeitura de Londrina a aplicar multas em pessoas e empresas que mantêm focos do Aedes aegypti em suas propriedades, é de autoria de Tercilio Turini, quando vereador.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Estadual

Romanelli requer isenção de tarifas de água e luz para hospitais no Paraná

Publicados

em

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) solicitou nesta segunda-feira, 23, ao governador Ratinho Júnior a isenção do pagamento de tarifas de água e energia elétrica de hospitais e congêneres de saúde por 120 dias. A medida reforça o enfrentamento da pandemia do coronavírus como preconizado pela Organização Mundial da Saúde. O requerimento foi assinado conjuntamente por 33 deputados de diferentes partidos.

Romanelli diz que a isenção se faz necessária tendo em vista o aumento considerável nos custos dos hospitais e entidades. “Água e luz são suprimentos de necessidade básica para a manutenção e funcionamento das unidades de saúde. Em meio à pandemia desta abrangência mundial, o Estado tem de garantir que esse custo não afete o atendimento à população”, disse o deputado no requerimento.

Segundo o Ministério da Saúde, as infecções por coronavírus devem disparar no Brasil entre abril e junho, o que deve tensionar o sistema de saúde. Romanelli reforça que a isenção desses custos permitirá que as entidades, muitas sem fins lucrativos, sigam com seus serviços.

“Boa parte dos hospitais que atendem pelo SUS no Paraná não tem fins lucrativos e serão os que mais receberão pacientes nesta crise. Nosso requerimento vai no sentido de garantir que suas operações sigam normalmente e que isso não se torne um problema no futuro para essas estruturas tão essenciais”, completa.

Leia Também:  Richa recebe comandante militar do Sul e reitera apoio ao Sisfron

Coronavírus 

O requerimento soma-se a outras medidas que estão sendo tomadas pelo legislativo paranaense. Em sessão remota realizada nesta segunda-feira, a Assembleia Legislativa aprovou o projeto de decreto legislativo que reconhece a ocorrência de estado de calamidade pública no Paraná até 31 de dezembro de 2020. O pedido foi feito pelo governador Ratinho Júnior.

Segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde foram confirmados 60 casos do Covid-19 no Paraná em 12 cidades do estado. Outros 159 casos foram descartados e 1519 seguem em investigação.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020