conecte-se conosco


NECESSÁRIO

Romanelli requer isenção de tarifas de água e luz para hospitais no Paraná

Publicados

em

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) solicitou nesta segunda-feira, 23, ao governador Ratinho Júnior a isenção do pagamento de tarifas de água e energia elétrica de hospitais e congêneres de saúde por 120 dias. A medida reforça o enfrentamento da pandemia do coronavírus como preconizado pela Organização Mundial da Saúde. O requerimento foi assinado conjuntamente por 33 deputados de diferentes partidos.

Romanelli diz que a isenção se faz necessária tendo em vista o aumento considerável nos custos dos hospitais e entidades. “Água e luz são suprimentos de necessidade básica para a manutenção e funcionamento das unidades de saúde. Em meio à pandemia desta abrangência mundial, o Estado tem de garantir que esse custo não afete o atendimento à população”, disse o deputado no requerimento.

Segundo o Ministério da Saúde, as infecções por coronavírus devem disparar no Brasil entre abril e junho, o que deve tensionar o sistema de saúde. Romanelli reforça que a isenção desses custos permitirá que as entidades, muitas sem fins lucrativos, sigam com seus serviços.

“Boa parte dos hospitais que atendem pelo SUS no Paraná não tem fins lucrativos e serão os que mais receberão pacientes nesta crise. Nosso requerimento vai no sentido de garantir que suas operações sigam normalmente e que isso não se torne um problema no futuro para essas estruturas tão essenciais”, completa.

Leia Também:  Filho violento quebra residência e expulsa os pais de casa

Coronavírus 

O requerimento soma-se a outras medidas que estão sendo tomadas pelo legislativo paranaense. Em sessão remota realizada nesta segunda-feira, a Assembleia Legislativa aprovou o projeto de decreto legislativo que reconhece a ocorrência de estado de calamidade pública no Paraná até 31 de dezembro de 2020. O pedido foi feito pelo governador Ratinho Júnior.

Segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde foram confirmados 60 casos do Covid-19 no Paraná em 12 cidades do estado. Outros 159 casos foram descartados e 1519 seguem em investigação.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Estadual

Sessão plenária e reunião extraordinária da CCJ serão realizadas na segunda-feira

Publicados

em


.

Com o cancelamento de audiências públicas e sessões solenes em razão das medidas protetivas contra o avanço do coronavírus no estado, a agenda da Assembleia Legislativa do Paraná é pautada pela realização da sessão plenária e reuniões de Comissões temáticas.

Na segunda-feira (23) será realizada, a partir das 13 horas, uma reunião extraordinária da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) com três itens na pauta, entre eles o projeto de lei complementar 1/2020, que dispõe que a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) passará a ser denominada Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná e cria cargos.

Logo em seguida, a partir das 14 horas, os deputados que integram a Comissão de Finanças e Tributação, presidida pelo deputado Nelson Justus (DEM), se reúnem no auditório legislativo para a análise de uma pauta com onze projetos de lei, entre eles o PL 3/2020 do Poder Executivo que regulamenta cargos em comissão e as funções gratificadas de direção, chefia e assessoramento das sete Instituições Estaduais de Ensino Superior (IEES) e dos hospitais universitários. Conforme o Governo, as mudanças administrativas vão garantir estabilidade para as gestões e extinguem vácuos interpretativos, além de propor enxugamento de 614 cargos, com economia anual de R$ 6,2 milhões aos cofres públicos.

Leia Também:  Segundo mais votado em Wenceslau Braz, Márcio Pauliki quer abrir “caixa preta da arrecadação”

A partir das 14h30, acontece a sessão plenária com onze itens na pauta. Um dos itens em discussão, em votação de segundo turno o projeto 858/2019, do Poder Executivo, que altera dispositivos da lei do regime jurídico dos funcionários civis do Governo do Estado em relação a afastamento de servidores. A Governo pretende alterar o parágrafo 1º do artigo 52 da lei 6174/70 incluindo o afastamento para “servir a organismo internacional” e acrescenta o § 6º no mesmo artigo determinando que o afastamento para servir organismo internacional ocorrerá com a “perda integral da remuneração, mediante autorização do Chefe do Poder Executivo, até 31 de dezembro do respectivo ano, e o pedido de prorrogação deve ser protocolado com antecedência, mínima, de sessenta dias do encerramento do ano civil”.

Nessa votação será analisada uma emenda aditiva apresentada pelos deputados da Oposição e também assinada pelo deputado Tercílio Turini (CDN) que altera o § 2º do artigo 240 da mesma lei, que trata da licença, sem vencimento, para o trato de interesses particulares. Com isso a redação do § 2 que hoje limita a licença em dois anos, poderá ser ampliada para “quatro anos contínuos e, só poderá ser concedida nova, depois de decorridos dois anos do término da anterior” caso a emenda seja aprovada.

Leia Também:  Não vote em Requião, diz Pessuti

Transmissão – Obedecendo ao protocolo definido pela Comissão Executiva da Assembleia em razão dos casos de coronavírus, a reunião da CCJ e demais Comissões, além da sessão plenária, são realizadas sem a presença de público externo, apenas com os deputados, assessores parlamentares e a imprensa. Desde o início da semana a circulação do público externo está restrita na Assembleia.

A reunião da CCJ e a sessão plenária podem ser acompanhadas ao vivo pela TV Assembleia e redes sociais. Mais informações sobre os projetos em debate podem ser obtidas acessando o link “Pauta da CCJ” e “Ordem do Dia” no site da Assembleia (http://www.assembleia.pr.leg.br/).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020