conecte-se conosco


NOVA LEI

Câmara de Arapoti aprova projeto de instalação de bloqueador de ar em hidrômetros

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

Instalação será custeada pelo consumidor poderá ser feita pela concessionária de água e esgoto, pelo próprio cidadão ou pela empresa que comercializa o equipamento

 

A Câmara Municipal aprovou em 2º turno, nesta quarta-feira (08), por cinco votos a três, o Projeto de Lei 2117/2019, de autoria do vereador Jean Klichowski (Solidariedade) que autoriza a aquisição e instalação de aparelho eliminador de ar para hidrômetros em imóveis de Arapoti.

O vereador lembra que o projeto começou a tramitar em dezembro do ano passado: ‘inicialmente o projeto previa obrigação da SANEPAR em instalar o dispositivo, porém por impedimentos na legislação, a redação precisou ser alterada deixando opcional ao consumidor a compra e a instalação do produto. “O usuário poderá adquirir a válvula certificada pelo INMETRO, que custa entre R$15 e R$60, e fazer a instalação em até 20 centímetro após o hidrômetro”, explicou o vereador.

Segundo a matéria, a instalação custeada pelo consumidor poderá ser feita pela concessionária de água e esgoto, pelo próprio cidadão ou pela empresa que comercializa o equipamento.

Segundo a justificativa do autor do projeto, o objetivo é diminuir o valor da conta de água eliminando a presença de ar nas tubulações. “Em Arapoti, são muitas as reclamações sobre o alto valor cobrado pelo abastecimento de água. Quando o serviço é interrompido, os canos se enchem de ar e o hidrômetro continua girando interruptamente. Não é justo que os cidadãos paguem por algo que não consomem”, ressalta o vereador Jean.

Leia Também:  Ex-prefeito e ex-servidora de São Jerônimo da Serra são condenados por crime de responsabilidade

Jean Klichowski explica ainda que estudos da Escola Federal de Engenharia de Itajubá (MG), onde um tipo de aparelho eliminador de ar é fabricado, revelam que a instalação do equipamento pode significar uma economia de até 35% nas contas de água, variando de região para outra, de acordo com a frequência das interrupções no fornecimento de água.

 

Via: Assessoria.

COMENTE ABAIXO:

Política

Governo quer atrair mais investimentos produtivos para os municípios

Publicados

em

Foto. Divulgação AEN.

O Governo do Paraná quer atrair mais investimentos produtivos para os municípios, a fim de incrementar a oferta de emprego e renda localmente, segundo afirmou o vice-governador Darci Piana nesta quinta-feira (22) no Fórum Invest. O evento foi online e apresentou a prefeitos e secretários municipais as ações da Invest Paraná, agência estadual responsável pela prospecção de novos negócios e atração de empresas.

O objetivo é atrair novos recursos privados por meio da parceria do Estado com os municípios. “Queremos descentralizar os investimentos e facilitar a instalação de empresas em todas as regiões do Paraná”, afirmou Piana.

Durante a reunião, os técnicos da Invest Paraná destacaram alterações no programa de incentivos fiscais para garantir maior competitividade a empresas paranaenses. Entre as modificações estão a prorrogação do prazo para que empresas que atuam exclusivamente no e-commerce possam pleitear o benefício de crédito presumido e o tratamento tributário diferenciado para as empresas que operam pelos portos e aeroportos paranaenses – crédito presumido nas operações de saídas dos produtos.

O diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin explicou que um calendário de reuniões mensais com os prefeitos será criado para facilitar e antecipar a troca de informações. “A pandemia nos trouxe a preocupação de antecipar as informações. É preciso entender as regiões, ser ágil e transparente com os empresários e viabilizar os investimentos”, disse.

 

Leia Também:  “Estão abusando dos paranaenses”, diz Romanelli sobre aumento da tarifa de pedágio

BALANÇO

Segundo o balanço da Invest Paraná, desde 2019, já foram encaminhados 131 protocolos para análise de enquadramento de empreendimentos no programa de incentivo do Governo, com investimentos somados de R$ 16,3 bilhões e potencial de geração de 42 mil empregos. O Estado já atraiu cerca de R$ 20 bilhões em investimentos desde o ano passado, com a capacidade de criação de quase 63 mil postos de trabalho

 

PRESENÇAS

Participaram da reunião o secretário de Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge; o diretor de relações internacionais da Invest Paraná, Giancarlo Rocco; o presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Darlan Scalco; além de prefeitos e secretários municipais.

 

VIA: AEN.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020