conecte-se conosco


VIRALIZOU

Vereadores protagonizam confusão durante Audiência Pública na Câmara de São José da Boa Vista

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Presidente da casa arrumessou contra o chão o aparelho celular de um dos vereadores e vídeo viralizou nas redes sociais

 

Uma Audiência Pública realizada na Câmara de Vereadores de São José da Boa Vista e que tinha como objetivo discutir o valor dos salários dos servidores públicos para o período de 2021 a 2024, terminou em confusão na noite da última segunda-feira (21) após o presidente da casa jogar no chão o celular de um dos vereadores.

No vídeo, é possível observar que o clima estava tenso quando Neuri José dos Santos, responsável pela contabilidade da prefeitura, falava na sessão. Em dado momento, o vereador Jovane de Oliveira se aproxima com o celular, aparentemente filmando, do vereador Valdemir Thomaz de Aquino e acaba tendo o aparelho tomado pelo presidente casa que, em seguida, arremessa o celular no chão.

Segundo publicado pelo portal Banda B, Neuri havia criticado a aprovação de alguns projetos que teriam acontecido “na calada da noite”, enquanto o vereador Jovane apoiava o discurso e fazia cobrança de explicações ao vereador Valdemir sobre as votações.

Em nota, a assessoria da Câmara de Vereadores informou que a atitude de Neri, responsável pela contabilidade da prefeitura, é questionável e tem caráter eleitoreiro. Ainda de acordo com o documento, a Câmara nega que projetos tenham sido aprovados “na calada da noite” e que os mesmos foram aprovados por todos os parlamentares com placar de sete a zero. O texto ainda reconhece que o presidente da Casa de Leis assumiu ter tomado e jogado o celular e que o fez por estar sendo filmado e criticado, sentindo-se então desacatado.

Leia Também:  Paulo Leonar e vice confirmam candidatura à reeleição em Wenceslau Braz

 

Informações: Banda B.

COMENTE ABAIXO:

POLÍTICA REGIONAL

Oposição acusa prefeito Paulinho Carijó de crime eleitoral em Salto do Itararé

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

Chefe do executivo e candidato a reeleição junto com outras quatro pessoas foram denunciados na Justiça Eleitoral de Siqueira Campos

 

O atual prefeito e candidato a reeleição em Salto do Itararé, Paulo Sérgio Fragoso, o Paulinho, e outras quatro pessoas foram denunciadas junto a Justiça Eleitoral de Siqueira Campos por suposto crime eleitoral. A acusação foi realizada pela coligação do ex-prefeito e também candidato a prefeitura nas eleições deste ano, Israel Domingos.

De acordo com a denúncia apresentada no dia 1º de outubro, Paulinho juntamente com seu vice Claudecir José de Oliveira, do vereador Luiz Antônio Gomes, do servidor municipal Lucas David dos Santos e da empresária Michele Bartolomei, teriam utilizado redes sociais para oferecer 70 vagas de emprego em uma fabrica de confecções situada no município de Siqueira Campos, o que culminou na denúncia por abuso de poder e violação a lei eleitoral.

Com a denúncia, a acusação pede que o registro de candidatura de Paulinho e seu vice sejam anulados. Caso a denúncia seja comprovada, a pena pode culminar na inelegibilidade dos acusados por oito anos.

A Folha Extra tentou contato com o prefeito Paulinho para saber sua versão dos acontecimentos, mas até o fechamento desta edição não obteve sucesso.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Chapa rival pede impugnação da candidatura de Irani na disputa pela prefeitura de Arapoti
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020