5.4 C
Wenceslau Braz

Prefeitura de Siqueira Campos trabalha para construção de 240 casas populares no município

Em live transmitida via Facebook, Luiz Henrique Germano e seu vice Paulo Leite anunciaram uma parceria com a Cohapar para construção das residências

O prefeito de Siqueira Campos, Luiz Henrique Germano (PSD) e o vice-prefeito Paulo Cesar Leite Dos Santos (PSL) realizaram uma live através do perfil oficial da prefeitura no Facebook para anunciar a sinalização positiva da Cohapar para a construção de 240 unidades habitacionais na cidade.

- Advertisement -

A live realizada pela Administração Municipal para anunciar o novo programa habitacional contou com a participação da imprensa local e, na transmissão ao vivo, os expectadores puderam fazer perguntas aos gestores municipais.

- Advertisement -

Segundo o vídeo, o prefeito Gernano esteve na semana passada na cidade de Curitiba, na Sede da Cohapar, reunido com o presidente Jorge Lange onde o chefe do Executivo siqueirense conseguiu a sinalização positiva do órgão governamental para o tão sonhado projeto habitacional no município de Siqueira Campos.

Germano explicou que a população não precisa se preocupar com as inscrições neste momento, pois o projeto está na fase inicial onde o município de início a parte burocrática tirando as licenças e documentações necessárias, como viabilidade da Copel, Sanepar e IAT (Instituto Agua e Terra) para depois passar para a fase das licitações da construtora, da empresa que fornecera materiais de construções e outras necessárias para a construção das casas. Após as duas fases de documentação e licitação, aí sim será aberta a fase de inscrições.

“Quando for abrir o cadastro, será amplamente divulgado pelos canais de comunicação da prefeitura e na imprensa local para todas as famílias interessadas poderem se inscrever e as pessoas que já tem o cadastro para projetos habitacionais da Cohapar fazerem as atualizações necessárias”, explicou Germano.

gernano e paulo
Live transmitida pelo perfil oficial da Prefeitura – Foto: Reprodução Internet

Questionado por um dos jornalistas presentes sobre qual seria a contrapartida municipal nesse projeto, Gernano respondeu que o município irá doar o terreno para a construção das moradias. “A prefeitura realiza a doação do terreno a Cohapar para que ela construa as casas e, no nosso caso, temos um terreno de quatro alqueires que foi adquirido em gestões passadas e hoje vamos usar esse espaço próximo a Vila Nova para construção deste novo conjunto habitacional”, respondeu o prefeito.

Outra pergunta feita aos gestores na live foi em relação aos valores que as famílias pagarão de mensalidades e o vice prefeito Paulo Leite explicou que, devido a doação do terreno e o Governo do Estado entrar com uma parte dos valores, as parcelas serão acessíveis. “Com a administração doando o terreno a Cohapar e o Governo do Estado fazendo um aporte de em torno de R$15 mil reais, as mensalidades devem ter um valor bom para que as famílias tenham condições de pagar e realizar o sonho da casa própria. Essas casas são um financiamento, só que em vez das famílias pagarem a entrada, é o Governo do Estado que paga para ajudar a diminuir o déficit habitacional nos municípios”, explicou Paulo.

O prefeito Germano também falou na transmissão ao vivo que além deste projeto de 240 casas a administração está buscando outro projeto para construção de 30 casas para famílias desprovidas de condições de pagarem um financiamento. “Estamos buscando junto a Cohapar a liberação para a construção de 30 casas para as famílias que não tem condições de pagar uma parcela por menor que seja. O Governo criou o programa Morar Bem Paraná e nossa equipe está correndo atrás para podermos beneficiar nossa população que precisa com esse programa social”, finalizou Germano.

 

- Advertisement -

Deixe uma resposta

MAIS NOTÍCIAS