conecte-se conosco


Política

Romanelli defende integração da Amunorpi para desenvolvimento do Norte Pioneiro

Publicados

em

A Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) realizou, na última sexta-feira (14) a cerimônia de posse da nova diretoria que comandará a instituição no ano de 2020. O novo presidente da associação agora é o prefeito do município de Jacarezinho Dr. Sérgio (DEM) que assume o lugar que era ocupado pelo prefeito de pinhalão Sérgio Inácio Rodrigues.

O evento contou com a presença de prefeitos de municípios membros da associação e com a presença de diversas autoridades, dentre as quais o deputado Luiz Claudio Romanelli que defendeu a integração das 22 cidades que fazem parte da Amunorpi.  “É uma entidade muito importante que tem buscado projetos e ações em prol do Norte Pioneiro. Estamos sempre à disposição para auxiliar”, disse Romanelli na posse do prefeito de Jacarezinho, Dr. Sergio (DEM), na presidência da associação.

Além do novo presidente, a diretoria passa a ser composta pelo prefeito de Jundiaí do Sul Eclair Rauen (DEM) ocupando a 1ª vice-presidência, o prefeito de Santo Antônio da Platina professor Zezão como 2ª vice-presidente, os prefeitos Flávio Zanrosso (PSD) de Tomazina, Angêlo Vigilato (PSB) de Japira e Márcio Pereira (PSC) de Ribeirão Claro no Conselho Fiscal, e os prefeitos Sérgio Rodrigues (PDT) de Pinhalão, Wagner Martins (PHS) de Ribeirão do Pinhal e Adalberto Beramo Aguiar (PL) de Barra de Jacaré na suplência do Conselho.

Leia Também:  Prefeitura promove audiência pública para prestação de contas

O deputado Pedro Lupion também esteve presente no evento e reforço que os municípios que fazem parte da Amunorpi podem contar com um forte parceiro em Brasília. “Estamos sempre à disposição para atuar nas atividades na esfera do governo federal”, disse.

BALANÇO

Após Sérgio Inácio Rodrigues entregar oficialmente a Presidente da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (AMUNORPI) ao prefeito de Jacarezinho Sérgio Eduardo de Faria, o chefe do Executivo de Pinhalão fez um breve balanço sobre as ações da instituição em 2019.

“Neste ano de 2019 trabalhamos na continuação da união da Associação e em busca de projetos regionais. É uma grande honra poder ter sido o Presidente da AMUNORPI e continuaremos com o fortalecimento da entidade”, comenta o prefeito Sérgio Rodrigues.

Ele ainda explica que uma das ações que a AMUNORPI esteve envolvida foi a questão de resolver a situação financeira da Santa Casa de Misericórdia de Jacarezinho que é referência em toda a região.

“A Unidade Hospitalar estava enfrentando grave crise. Conseguimos reunir todos os prefeitos, explica a situação e trazer o Secretario Estadual de Saúde Beto Preto para demonstrar a situação financeira”, explica Sérgio Inácio. Além disto, a AMUNORPI também continua o trabalho sério e com as certidões em dias para as ações desenvolvidas. “Também é essencial agradecer aos prefeitos Mário Pereira e Joás Michetti pelo trabalho”, finaliza Sérgio Pereira.

Leia Também:  ELEIÇÕES 2014 – POLÍTICA PARANAENSE:Brazense espera representatividade e honestidade de seus candidatos a deputado estadual

UTILIDADE PÚBLICA

Em 2019, a Associação dos Municípios do Norte Pioneiro recebeu o título de Utilidade Pública estadual. O projeto de lei, de autoria do deputado Romanelli, foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Paraná e sancionado pelo governador Ratinho Junior. O título permite que a entidade firme convênios e parcerias, além de receber recursos de órgãos públicos no âmbito estadual.

A Amunorpi, com sede de Jacarezinho, foi fundada em 1969 e tem como principal objetivo a integração regional, econômica e administrativa para o fortalecimento do Norte Pioneiro.

Cidades integrantes: Andirá, Barra do Jacaré, Cambará, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Guapirama, Ibaiti, Jaboti, Jacarezinho, Japira, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Pinhalão, Quatiguá, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Salto Itararé, Santana do Itararé, Santo Antonio da Platina, Siqueira Campos, Tomazina e Wenceslau Braz.

“Muito dos avanços alcançados pelo Norte Pioneiro se deve a união dos municípios e prefeitos em torno da Amunorpi: o consórcio de saúde, as ações integradas na região, às obras e outros programas, parcerias e convênios estabelecidos”, disse Romanelli.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Política

Governo Estadual propõe voucher para população vulnerável comprar alimentos

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

O governador Carlos Massa Ratinho Junior encaminhou nesta segunda-feira (6) para a Assembleia Legislativa um projeto de lei que propõe auxílio emergencial de R$ 50 durante três meses (prorrogáveis) para os paranaenses mais vulneráveis. A concessão destina-se exclusivamente para a compra de produtos alimentícios que compõem a cesta básica, e é uma medida que complementa o auxílio proposto pelo governo federal.

O benefício será operacionalizado por meio de um voucher ou outro modo que assegure crédito para futuras despesas nos mercados credenciados pela Secretaria da Agricultura e do Abastecimento. Essa medida está dentro do pacote social de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus e dos reflexos causados pela situação de calamidade pública. Os recursos são do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza.

No texto do projeto de lei, o governador destaca que grande parte da população economicamente ativa do Estado atua no setor informal, que é constituído, por exemplo, por trabalhadores domésticos, babás, carrinheiros, vendedores ambulantes, autônomos de serviços gerais, ou por microempreendedores de baixa renda e sem acesso à aposentadoria ou licença médica.

Leia Também:  Paulo Leonar consegue mais de 2 mil novas ligações à rede de esgoto em Wenceslau Braz

“O Estado do Paraná, detentor de um Fundo de Combate à Pobreza, alimentado com recursos de um ICMS adicional, não pode ficar inerte às necessidades de parcela de sua população que está ou poderá ficar vulnerabilizada com o avanço da pandemia”, ressalta o governo na justificativa de encaminhamento do projeto para análise do legislativo.

 

VOUCHER

Poderão receber o auxílio paranaenses que cumprem cumulativamente os seguintes requisitos: maiores de 18 anos; sem emprego formal; com renda familiar mensal per capita não superior a meio salário mínimo ou renda familiar mensal total que não exceda três salários mínimos; e que não são titulares de benefício previdenciário, seguro-desemprego ou programa de transferência de renda federal ou estadual, ressalvados os beneficiários do programa Bolsa-Família.

Também são considerados economicamente vulnerabilizados para efeito do projeto de lei o Microempreendedor Individual (MEI), o contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social e o trabalhador informal, de qualquer natureza, inscrito no CadÚnico.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020