Coluna ADI Paraná
Obras nas cidades
Orlando Kissner/Alep
Deputados (Foto: Orlando Kissner/Alep)

Os deputados estaduais e o governador Ratinho Junior lançaram em Foz do Iguaçu, o Programa Paraná Mais Cidades que vai destinar R$ 351 milhões para obras e compra de equipamentos nas 399 cidades do Paraná. Os recursos são da economia do legislativo e serão repassados aos municípios através de emendas parlamentares. Os primeiros R$ 100 milhões já estão na conta do Estado e outras R$ 251 serão repassados até o final do ano.

'União de todos'

"Esse programa é um exemplo. Foi amplamente discutido com todos os parlamentares a forma como seria construído esse projeto com o Estado e, somente com a união de todos, foi possível tirá-lo do papel e colocar na prática um amplo trabalho de desenvolvimento em infraestrutura nas cidades paranaenses”, disse o deputado Ademar Traiano (PSDB), presidente do legislativo.

'Ratinho é show'

“Em dez meses como governador, Ratinho Junior deu um show de competência”, disse o deputado Romanelli (PSB) ao agradecer a parceria no Programa Paraná Mais Cidades. "O programa foi construído na opinião de cada um dos deputados e tem como foco diminuir as desigualdades sociais e promover a inclusão social através de políticas públicas".

Fundo perdido

Os prefeitos presentes no encontro em Foz do Iguaçu esperam que o Estado também ofereça uma contrapartida aos recursos dispostos pela Assembleia Legislativo e que os repasses sejam a fundo perdido (não será financiado). "Cada prefeito já tem sua lista de obras ou equipamentos. Agora é apresentar ao deputado que representa a cidade", disse o prefeito de Cambará, Neto Haggi (MDB).

Alta rejeição

Pesquisa de consumo interno de um partido político interessado nas eleições municipais de Curitiba aponta a liderança do atual prefeito Rafael Greca (DEM) seguido de Delegado Francischini (PSL), Gustavo Fruet (PDT) e Ney Leprevost (PSD). O problema é que taxa de rejeição dos quatro supera os 40% para cada um. Um outsider, como se diz na política, pode atrapalhar esse jogo.

Obrigado Bolsonaro!

Em Foz do Iguaçu, no encontro de prefeitos, o governador Ratinho Junior aproveitou a presença do presidente da Itaipu Binacional, Joaquim Luna e Silva, para agradecer a dedicação do presidente Jair Bolsonaro com o Paraná. "O senhor que fala com o presidente quase todos os dias, pela sua amizade, leva o nosso agradecimento e consideração por tudo que ele tem feito pelo Paraná. Só os investimentos de Itaipu na região oeste é de um impacto positivo sem tamanho"

Campanha

Os estados do Sul - Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul - se articulam para uma campanha conjunta para atrair os turistas de alta temporada que não vão mais ao Nordeste em função das mais de mil toneladas do óleo que chegaram às praias nordestinas. O impacto já cancelou reservas e fez as passagens aéreas baixarem, em média, em 26% para destinos como Fortaleza, Natal, Recife, Maceió e Salvador.

Parente é parente

O deputado Afonso Motta (PDT-RS) apresentou um projeto de lei que altera o Código Brasileiro de Aeronáutica para permitir que as passagens aéreas possam ser transferidas, sem custos, a parentes de até terceiro grau.

Périplo de Hauly

O ex-deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB), autor da proposta da reforma tributária que tramita no Senado, já deu 243 palestras e mais de 700 reuniões sobre o tema em três anos. A proposta apresentada nesta semana aos deputados do Paraná extingue nove tributos: IPI, IOF, PIS/Pasep, Cofins, Salário-Educação, Cide, ICMS e ISS. No lugar, um imposto sobre valor agregado, de competência estadual, e um outro sobre bens e serviços específicos, chamado Imposto Seletivo, de competência federal.

Já é dependência

Pesquisa da Universidade Federal do Espírito Santo avaliou como o uso da internet afeta o relacionamento, a rotina e as emoções dos jovens brasileiros. Após medir o tempo gasto com a internet e o seu impacto sobre o cotidiano dos usuários, o estudo concluiu que 25,3% dos entrevistados são dependentes da web. A volta da leitura em papel é boa alternativa á esta dependência.

Costura

PV, PDT, PSB e Rede querem alianças em 120 cidades polos na eleição de 2020. A cabeça de chapa pode ficar com o partido mais competitivo com apoio das demais siglas. O martelo deve ser batido ainda neste mês de novembro.

Dinheiro extra

O PP vai repassar recursos extras aos diretórios estaduais que ampliarem a participação feminina nas eleições de 2020. O incentivo foi definido em reunião da executiva nacional nesta semana em Brasília. No dia 11 de novembro, o PP do Paraná inicia o processo com um grande evento de filiações femininas batizado de “Fortalecendo o Futuro”.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.