Coluna ADI Paraná
Reforma administrativa
AEN-PR
Guto Silva (Foto: AEN-PR)

O chefe da Casa Civil, Guto Silva, reuniu equipes das secretarias da Fazenda, Agricultura e da Procuradoria Geral do Estado para finalizar a segunda etapa da reforma administrativa do governo Ratinho Junior que será encaminhada à Assembleia Legislativa na primeira quinzena de agosto. Nesta etapa, que terá pelo menos três projetos de lei, o foco será a junção e reestruturação das autarquias. 

Reforma II

Na primeira fase, quando reduziu o número de secretarias de 28 para 15 e eliminou 339 cargos, o governo anunciou uma economia de R$ 10,6 milhões. “O objetivo do governo com a reforma administrativa não é apenas economizar, mas enxugar as estruturas, diminuir a burocracia e aumentar a agilidade e a eficiência dos serviços prestados pelo governo”, afirma Guto Silva.

400 vagas

As agências de emprego de Primeiro de Maio e de Sertaneja vão intermediar a colocação de 400 vagas para o Hard Rock Hotel Ilha do Sol após a inauguração do hotel a partir de 2020 e 2021.O empreendimento vai beneficiar 46 cidades e 600 mil moradores da mesorregião Norte Pioneiro.

400 vagas II

Já a Agência do Trabalhador em Foz do Iguaçu recebeu 11 mil currículos para as  400 vagas que serão preenchidas na construção da segunda ponte entre o Brasil e o Paraguai. Kelly Trento, diretora da agência, disse que foi realizada uma seleção de candidatos que começarão a ser entrevistados e contratados nos próximos dias.

Sem embaixada

A indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos EUA é rejeitada pela maioria dos brasileiros. Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, entre 13 e 17 de julho, mostra que 65% são contra a indicação do presidente Jair Bolsonaro, pai do deputado, contra 28,7% que concordam.

Duty Free em Foz

A Sky Duty Free, primeira loja franca de Foz do Iguaçu, vai abrir as portas agora em agosto. A loja prevê a venda de bebidas, perfumes e cosméticos de marcas pelos menores preços da fronteira, batendo até mesmo os valores praticados no Paraguai e na Argentina.

CNH isenta

O deputado Soldado Fruet (Pros) apresentou projeto de lei que prevê a isenção das taxas do Detran para motoristas com renda familiar de até dois salários mínimos na obtenção da carteira de habilitação em qualquer categoria. “O objetivo é prestar assistência aos desamparados, garantindo uma vida digna através da oferta de melhores condições de trabalho e transporte, que são direitos constitucionais de todo cidadão”, destaca Fruet.

PIS/Pasep

O pagamento do abono do PIS/Pasep começa na quinta-feira (25). O abono aos cadastrados no PIS vai considerar a data de nascimento e os do Pasep, o dígito final do número de inscrição. Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberão o PIS ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível em 2020. Recebem também este ano os servidores públicos cadastrados no Pasep com dígito final da inscrição entre 0 e 4. Os com final entre 5 e 9 receberão no próximo ano.

Novas obras

O deputado Romanelli (PSB) e a prefeita Beti Pavin (PSDB) detalharam ontem os projetos das obras de revitalização da Avenida Abel Scuissiato em Colombo. O investimento é de R$ 15 milhões em 4,5 quilômetros da avenida e em mais 400 metros da rua do Carvalho no bairro São Dimas. Beti Pavin espera fazer as licitações num prazo máximo de dois meses.

Crédito imobiliário

A Caixa Econômica Federal aguarda autorização do Banco Central para anunciar a redução de até 31,5% dos juros dos financiamentos imobiliários. O banco detém mais de 70% do crédito habitacional do país e espera-se que outros bancos derrubem suas taxas no financiamento de imóveis.

Redução do IR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo vai trabalhar por uma reforma tributária mexendo apenas em impostos federais. Uma das mudanças: a redução da alíquota máxima do imposto de renda (IR) para 25%. Atualmente, pessoas físicas pagam até 27,5% e pessoas jurídicas, como empresas, pagam até 34% de IR. Outra ideia é unificar impostos e contribuições federais, como PIS, Cofins, IPI e IOF, em um imposto único.

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br