conecte-se conosco


SEGURANÇA

Agentes realizam operação bate grade após fuga na cadeia pública de Cambará

Publicados

em

Foto. Divulgação.

De acordo com informações da PM, 36 detentos deixaram a carceragem na madrugada da última segunda-feira

 

Após cerca de 36 presos fugirem da cadeia pública de Cambará na madrugada desta segunda-feira (21), agentes do grupo de Seção de Operações Especiais (SOE), que compõem o Departamento de Execução Penal (DEPEN), realizou uma operação bate grade no local nesta terça-feira (22).

De acordo com informações da Polícia Militar, a fuga aconteceu por volta das 5h00 quando os presos utilizaram um túnel de aproximadamente 30 metros que ligava a carceragem a um terreno vizinho a cadeia pública. Após o balanço, foi constatado que 36 detentos deixaram o local, sendo que até o fim da tarde da terça quatro fugitivos haviam sido recapturados em Cambará e um em Andirá.

Durante a operação, familiares dos detentos estiveram nas imediações da cadeia acompanhando apreensivos os trabalhos dos policiais. Até o fechamento desta edição, o Depen ainda não havia divulgado o balanço da operação.

Vale ressaltar que a fuga aconteceu um dia após a secretaria municipal de Saúde de Cambará emitir nota informando que todos os presos e agentes haviam sido diagnosticados com a Covid-19 totalizando 95 pessoas com a doença na carceragem. Os exames foram realizados em massa após um dos detentos testar positivo para o novo coronavírus.

Leia Também:  Homem é executado a tiros em bar

 

COMENTE ABAIXO:

Radar

Polícia age rápido e salva vida de mulher em Bandeirantes

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Quando se fala na Polícia Militar geralmente a primeira impressão é de combate ao crime, mas na verdade os heróis de farda atuam principalmente na proteção da vida dos cidadãos. Em Bandeirantes, por exemplo, o trabalho ágil dos policiais militares evitou que uma mulher tirasse a própria vida.

De acordo com o relatório da PM, a equipe policial foi acionada para comparecer na Vila União onde uma mulher de 30 anos estaria tentando tirar a própria vida, o que poderia acontecer a qualquer momento. Diante da situação, os policiais se dirigiram ao endereço informado para averiguar o caso.

No local, a equipe escutou uma pessoa aos prantos no interior da residência e foram realizadas várias tentativas de contato com a mulher. Porém, esta não respondeu a equipe, sendo então necessário que os policiais adentrassem na residência para intervir na situação, pois foi visualizada a mulher empunhando uma faca e sentada em uma mureta que fica em uma altura considerável onde uma queda poderia causar lesões ou até mesmo morte.

Com isso, a mulher foi imobilizada e retirada do local de risco. Os policiais militares ainda permaneceram no local prestando os devidos cuidados até a chegada da equipe do Corpo de Bombeiros que encaminhou a mulher ao hospital.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Carreta tomba e três adultos e um bebê ficam feridos em Jacarezinho
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020