conecte-se conosco


Radar

Comerciante baleado durante assalto não morreu e se recupera no hospital

Publicados

em



Vítima se recupera após cirurgia em hospital de Ponta Grossa (Foto: Divulgação)

A Folha Extra vem por meio desta se retratar junto aos leitores com relação a publicação de uma matéria equivocada na edição da quinta-feira, 26 de dezembro de 2019, onde foi publicado o texto dando conta da morte de um jovem comerciante residente do município de Arapoti.

De acordo com as informações apuradas pela reportagem, na madrugada da segunda-feira, 23 de dezembro, o jovem comerciante Júlio Cesar, 19 anos, havia sido vítima de um disparo de arma de fogo ao reagir a um assalto em sua residência no momento em que buscava defender sua esposa dos criminosos.

A ocorrência foi registrada no bairro Jardim Ceres. O rapaz e sua esposa chegaram em casa após mais uma noite de trabalho em um trailer de lanches quando foram surpreendidos pelos criminosos. A dupla de assaltantes estava encapuzada e portava uma arma de fogo quando renderam a esposa de Júlio que, na tentativa de defender a mulher, entrou em luta corporal com um dos criminosos e acabou sendo atingido por um tiro no tórax. Em seguida, os suspeitos fugiram.

Leia Também:  Vítimas são identificadas e desastre comove região

Ao perceber que o marido havia sido ferido, a mulher pediu socorro aos vizinhos que acionaram o socorro. Júlio foi socorrido e encaminhado ao hospital 18 de Dezembro onde recebeu os primeiros socorros. Em seguida, devido ao seu estado de saúde, o rapaz foi transferido para um hospital em Ponta Grossa.

Ao contrário do que havia sido publicado anteriormente, felizmente Júlio resistiu ao ferimento e passa bem. Com isso, a Folha Extra vem se retratar com a vítima, familiares e amigos devido a publicação.

Policiais chegaram a realizar buscas pelos criminosos que teriam fugido em direção ao Rincão. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Cidades

Estudantes da rede estadual já podem baixar aplicativo para assistir às aulas EaD

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Os estudantes da rede estadual de Educação do Paraná já podem baixar o aplicativo Aula Paraná, por meio do qual poderão acompanhar a produção EaD da Secretaria do Estado da Educação e do Esporte (Seed), alternativa que será utilizada enquanto perdurar a crise do coronavírus no país. No aplicativo, além de assistir às aulas, os alunos poderão interagir com seus colegas e professores em tempo real, em um chat que funcionará como uma espécie de “sala de aula virtual”.

O Aula Paraná está disponível para ser baixado em celulares que utilizam o sistema Android (para baixar, clique aqui) e em aparelhos iOS (para baixar, clique aqui). Para fazer o login, o aluno deve colocar seu número do Cadastro Geral da Matrícula (CGM) no campo “usuário”. Já a senha é a data de nascimento do estudante, no formato DDMMAAAA. Para os alunos que não se lembram de seus CGMs, será adicionada ao site da Área do Aluno a opção “recuperar CGM”.

Leia Também:  Homem perde a cabeça, agride esposa e dá pedrada na cabeça do filho de 3 anos

Leia também: Educação desenvolve EaD com foco no protagonismo do professor

Vale destacar que o Aula Paraná não consome dados de 3G e 4G e pode ser acessado, inclusive, em celulares pré-pagos, já que o Governo do Estado está providenciado pacotes junto às operadoras.

“Estamos passando por um período excepcional que também exige medidas excepcionais. As aulas EaD são a solução que encontramos para que os estudantes do Paraná não tenham seu ano letivo prejudicado por conta do coronavírus. A equipe da Seed está trabalhando muito para que o conteúdo chegue com qualidade aos nossos alunos nesse momento tão difícil”, afirma o secretário Renato Feder.

A partir de segunda-feira (6), as aulas poderão ser acompanhadas tanto no aplicativo quanto em canais vinculados à RIC, afiliada da Rede Record no Paraná. São três canais diferentes: um para os sextos e sétimos anos do Ensino Fundamental, outro para os oitavos e nonos anos e um terceiro para o Ensino Médio. Os números para sintonização seguem o padrão ponto 2, ponto 3 e ponto 4. Por exemplo: em Curitiba, a transmissão será nos canais 7.2, 7.3 e 7.4. A lista dos canais da RIC por cidade pode ser acessada aqui . As aulas serão transmitidas no mesmo horário tanto na televisão quanto no aplicativo.

Leia Também:  Corpo é encontrado com marcas de tiros na zona rural de Jaguariaíva

AULAS EAD – O lançamento oficial da iniciativa está previsto para os próximos dias, em conjunto com o governador do Estado, Carlos Massa Ratinho Junior.

As aulas na modalidade EaD foram a alternativa encontrada para que os cerca de 1 milhão de estudantes da rede não tenham seu processo de ensino e aprendizagem prejudicado devido ao momento delicado pelo qual o país passa. Os colégios só serão reabertos quando a situação for considerada segura pelas autoridades sanitárias.

A proposta foi desenvolvida respeitando a Constituição Federal e o conceito de amplo acesso à educação. Vale ressaltar que houve ampla aceitação por parte do Conselho Estadual de Educação (CEE), que deliberou de forma favorável por 17 votos a um.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020