conecte-se conosco


NESTE DOMINGO

Filho do dono do Angeloni morre em acidente na BR-101; carro partiu ao meio

Publicados

em

A morte de Angeloni foi confirmada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Um grave acidente na BR-101, no sentido Norte da rodovia, no KM 184, em Biguaçu, na manhã deste domingo, dia 28, vitimou o empresário criciumense Roberto Angeloni, de 50 anos. Ele estava em uma Mercedes Benz, com placas de Criciúma, e se envolveu em uma colisão com um veículo Ford Ranger. O carro do empresário saiu da pista e colidiu contra um poste, vindo a partir no meio. A morte de Angeloni foi confirmada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). As informações são da EngePlus.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, empresa que administra o trecho da rodovia, o acidente aconteceu por volta das 11h30, em frente ao Posto Tijuquinha (apenas referência). O empresário morreu ainda no local do acidente e uma passageira da Ranger foi encaminhada ao hospital de São José.

O empresário é filho de Antenor Angeloni, dono da rede de supermercados Angeloni e ex-presidente do Criciúma Esporte Clube.

Fonte Banda B/EngePlus

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mega operação prende 19 e encontra mais de R$ 650 mil em Jaguariaíva e Sengés

Nacional

Deputado propõe fim da obrigatoriedade de aulas em autoescola para tirar a CNH

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Proposta que tramita na Câmara dos Deputados, caso aprovada, torna facultativa a frequência em centros de formação de condutores para obtenção da habilitação

 

Começou a tramitar na Câmara dos Deputados projeto que torna facultativa a frequência em autoescolas para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O texto altera o Código de Trânsito Brasileiro.

“O projeto permite que a instrução a futuros condutores possa ser feita de forma privada, sem necessidade de o candidato frequentar uma autoescola”, explica o autor do projeto, deputado Kim Kataguiri (DEM-SP). Segundo ele, o objetivo da medida é tornar o processo de obtenção da CNH “menos burocrático e custoso”.

Conforme a proposta, para os exames escritos (legislação de trânsito e primeiros socorros), os órgãos de trânsito deverão oferecer material gratuito em seu sítio eletrônico, permitindo a auto-instrução.

Já para o exame prático de direção, realizado na via pública, a instrução poderá ser feita por instrutor independente, credenciado junto aos órgãos de trânsito. Ele deverá possuir habilitação na categoria pretendida pelo candidato por no mínimo cinco anos; e não ter sido penalizado, nos últimos cinco anos, com suspensão ou cassação do direito de dirigir, ou ter processo em andamento contra si para essas penalidades; e não ter sido condenado ou estar sendo processado por crime de trânsito.

Leia Também:  Homem é preso após tentar enforcar esposa e simular a própria morte

O veículo utilizado na instrução deverá conter identificação própria da condição de aprendizagem, na forma estabelecida pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Na Câmara, já tramita proposta que torna a formação em autoescola optativa para os candidatos a motorista (PL 3781/19). A proposta tramita em conjunto com mais de 200 outros projetos que alteram o Código de Trânsito (PL 8085/14 e apensados).

 

Via: Agência Brasil.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020