conecte-se conosco


JACAREZINHO

Pai entrega o filho a polícia após suspeito praticar furto em igreja

Publicados

em

Foto: Divulgação PM

Genitor disse aos policiais que não compactua com a atitude do indivíduo

 

Da Redação

 

Um gesto de coragem e honestidade fizeram com que um pai entregasse o próprio filho a polícia após ele ter realizado um furto em uma igreja. A ocorrência foi registrada na manhã desta segunda-feira (06) em Jacarezinho.

De acordo com informações da Polícia Militar, a equipe recebeu um chamado por volta das 9h30 onde o solicitante informava que seu filho havia furtado um violão e um aparelho roteador em uma igreja evangélica. Diante do chamado, os policiais foram ao endereço informado para averiguar a situação.


No local, o solicitante autorizou a entrada dos policiais na residência e disse a equipe que não compactua com a atitude do filho e, por isso, resolver denunciar o furto. Em seguida, o suspeito de 33 anos foi abordado em seu quarto, local onde foi localizado o aparelho de internet. Indagado sobre o violão, o homem disse a equipe que havia vendido em data anterior pelo valor de R$ 200.

Leia Também:  Idosa é agredida em briga de bar e levada ao hospital

Em contato com o pastor da igreja, o mesmo relatou que, no domingo (5), chegou ao local e percebeu que uma das portas havia sido arrombada e deu falta do violão e do roteador de internet. Com isso, foi lhe apresentado o aparelho o qual ele reconheceu como propriedade da igreja.

Frente aos fatos, o suspeito foi levado ao Pronto Socorro e, em seguida, encaminhado à delegacia da Polícia Civil para que fossem tomadas as providências cabíveis ao caso. No momento em que era confeccionado o boletim de ocorrência, o pai do suspeito chegou a sede da 1ª Companhia da PM para entregar o violão que havia sido encontrado nos fundos da residência da família.

COMENTE ABAIXO:

Campos Gerais

Servidora pública municipal de Arapoti recebe Moção de Aplauso na Câmara

Publicados

em

Foto: Divulgação

Na tarde desta quarta-feira (05) a Câmara realizou a entrega da Moção de Aplauso à servidora pública municipal Ivanise Soares Alexandre, proposta pelo vereador Divair da Silva (PV). A entrega virtual, devido à pandemia, contou com a presença de vereadores, colegas de trabalho e do filho, Mateus.

Ivanise se aposenta da função pública ainda este ano, após 34 de trabalho. Ingressou na Prefeitura Municipal de Arapoti em 1986 como professora, e em 1989 assumiu o concurso na Função de Oficial Administrativo B onde permanece até hoje. Atuou na área Educacional, Departamento Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Saúde e na Secretaria de Finanças. Em 2001 assumiu o programa “Bolsa Escola”, que mais tarde em 2005 torna-se “Programa Bolsa Família”, sendo transferida para a Secretaria de Assistência Social, Na Pasta, continua a desenvolver o Cadastro Único e Programa Bosla Família, no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS.

Nascida em Jaguariaíva em 25 de agosto de 1968, é filha de Delciro Soares e Vera Helena Soares, ambos de família tradicional e de destaque na cidade.Casada com Marcelo José Alexandre, é mãe de Mateus, estudante do Seminário SETEL – Seminário Luterano Livre da Igreja Batista Filadélfia, com o ideal de ser Pastor.

Ivanise cursou o Magistério no Colégio Estadual Rodrigues Alves em Jaguariaiva, na década de 1980. Formou-se em Pedagogia pela Faculdade Ciências e Letras de Itararé – FAFIT no ano de 1988. Em 2011 formou-se em Gestão Pública.


É elogiada pelos colegas com quem trabalhou por seu profissionalismo impecável, ‘sem deixar de ser amiga, conselheira e até mesmo MÃE’. Colegas com quem trabalhou na Educação a descrevem como sensível, correta e determinada.

Leia Também:  Homem é preso com três quilos de maconha em Ribeirão do Pinhal

A Câmara parabeniza Ivanise por toda sua determinação e dedicação ao longo da vida pública, a qual desempenhou com dignidade.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020