conecte-se conosco


INVESTIGAÇÃO

PM abre processo para investigar confusão em lanchonete envolvendo policiais de folga

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

De acordo com nota divulgada pelo 2º Batalhão, processo administrativo foi instaurado para elucidar a situação

 

Um cabo e um soldado da 4º Companhia da Polícia Militar se envolveram em um confusão em uma hamburgueria situada no município de Santo Antônio da Platina. A ocorrência foi registrada na madrugada do último domingo (20) e, nesta quarta-feira (23) a equipe do 2º Batalhão da PM emitiu nota sobre o incidente.

Na ocasião, segundo registro do boletim de ocorrência, um cliente teria questionado o valor de sua conta e, com isso, dado início a uma discussão com a pessoa do caixa. Diante da situação, o cabo da PM que estava de folga tentou intervir para evitar o conflito, mas acabou sendo agredido. Na tentativa de ajudar o companheiro de farda, o soldado interveio e também acabou sendo agredido com um banco de madeira que acertou sua cabeça.

Frente aos fatos, o autor da confusão fugiu do local, mas acabou sendo detido momentos depois nas imediações do estabelecimento. Ele foi encaminhado a delegacia da Polícia Civil onde assinou um Termo Circunstânciado sendo liberado na sequência. Uma segunda pessoa envolvida na situação já foi identificada e deve ser ouvida pela polícia.

Em nota, a PM explicou que o comandante do 2º BPM determinou a abertura de um processo administrativo para elucidar os fatos e, com isso, tomar as providências relativas à situação. Ainda segundo a nota, “A Polícia Militar do Paraná é uma Instituição dedicada à defesa do cidadão paranaense, compromisso com a democracia e a defesa dos direitos constitucionais de todos”.

Leia Também:  Três são presos durante operação da Polícia Militar em Jaguariaíva

Ainda segundo o responsável pelo estabelecimento, a confusão causou um prejuízo material de aproximadamente R$ 2,5 mil, além de outros clientes que deixaram o local sem pagar suas contas. O empresário deve procurar a Justiça para ter acesso aos seus direitos em relação ao autor da confusão.

 

Informações: Portal Tá No Site com Assessoria Imprensa 2º BPM.

COMENTE ABAIXO:

Radar

Polícia age rápido e salva vida de mulher em Bandeirantes

Publicados

em

Foto: Ilustrativa - Reprodução/Internet

Quando se fala na Polícia Militar geralmente a primeira impressão é de combate ao crime, mas na verdade os heróis de farda atuam principalmente na proteção da vida dos cidadãos. Em Bandeirantes, por exemplo, o trabalho ágil dos policiais militares evitou que uma mulher tirasse a própria vida.

De acordo com o relatório da PM, a equipe policial foi acionada para comparecer na Vila União onde uma mulher de 30 anos estaria tentando tirar a própria vida, o que poderia acontecer a qualquer momento. Diante da situação, os policiais se dirigiram ao endereço informado para averiguar o caso.

No local, a equipe escutou uma pessoa aos prantos no interior da residência e foram realizadas várias tentativas de contato com a mulher. Porém, esta não respondeu a equipe, sendo então necessário que os policiais adentrassem na residência para intervir na situação, pois foi visualizada a mulher empunhando uma faca e sentada em uma mureta que fica em uma altura considerável onde uma queda poderia causar lesões ou até mesmo morte.

Com isso, a mulher foi imobilizada e retirada do local de risco. Os policiais militares ainda permaneceram no local prestando os devidos cuidados até a chegada da equipe do Corpo de Bombeiros que encaminhou a mulher ao hospital.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Carreta tomba e três adultos e um bebê ficam feridos em Jacarezinho
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020