14.1 C
Wenceslau Braz

Polícia prende duas pessoas e recupera objetos furtados de torre de internet em Pinhalão

Trabalho rápido realizado pelos policiais foi parabenizado pelo prefeito do Município Dionisio Alencar

- Advertisement -

Policiais Militares do município de Pinhalão, com apoio de agentes de Japira, agiram rápido e prenderam dois indivíduos que realizaram um furto a uma torre de distribuição de internet. A situação foi registrada no último sábado (24).

De acordo com informações da Polícia Militar, após a equipe ser informada sobre o ocorrido, os policiais realizaram diligências para levantar maiores informações sobre os envolvidos no crime. Ao analisar imagens que registraram o momento do furto, a equipe conseguiu identificar um indivíduo já conhecido no meio policial pela prática de ilícitos.

- Advertisement -

Durante as diligências, os policiais localizaram o suspeito que estava trajando as mesmas roupas observadas nas imagens registradas por uma câmera de vigilância e, com isso, foi realizada a abordagem. Ao ser questionado sobre a situação, o suspeito confessou ter cometido o crime junto com outra pessoa e os materiais foram vendidos a uma terceira pessoa. Com isso, a equipe se dirigiu até o receptador o qual, ao ser informado sobre a situação, confirmou ter comprado uma quantidade de fios. Já os demais objetos levados durante o furto foram encontrados em um cafezal onde os suspeitos haviam deixado escondidos.

Frente aos fatos, o autor do furto e o receptador receberam voz de prisão e foram encaminhados a delegacia da Polícia Civil de Tomazina juntamente com os objetos apreendidos para que fossem tomadas as providências cabíveis ao caso.

O prefeito do município, Dionisio Alencar, enalteceu a agilidade dos policiais e agradeceu o empenho dedicado pelas equipes em manter a segurança da população.

- Advertisement -

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns a reportagem, está dizendo que os autores foram presos, em um outro site li que os suspeitos foram detidos. Como assim, se eles confessaram o roubo eles não são suspeitos, só faltou a foto dos vagabundos ou o vídeo do momento do furto.

Deixe uma resposta

MAIS NOTÍCIAS