conecte-se conosco


Radar

Rebelião termina com cerca de 20 presos ainda foragidos e um rastro de destruição na cadeia pública

Publicados

em

Em mais um episódio, no mínimo assustador, do reflexo da superlotação vivida nas cadeias públicas do Paraná, Santo Antônio da Platina protagoniza a segunda grande fuga de presos em menos de dois anos.

Neste sábado (21), pela manhã, a carceragem platinense, com capacidade para pouco mais de 50 presos, mas abrigando aproximadamente 140, foi palco da fuga de 30 detentos, que, a exemplo da situação registrada em fevereiro de 2017, quando 31 presos se evadiram, também aproveitaram uma situação de rebelião para fugir.

Os presos, que continuaram no local, mantiveram outros detentos como reféns no telhado da delegacia, no intuito de negociar alguns direitos com a polícia e as autoridades do Judiciário que estiveram no local. 

Durante a rebelião, os presos atearam fogo à uma sala entre a cadeia e a delegacia, onde ficavam guardados alguns pneus. O rastro de vandalismo e destruição ficou visível em vidraças, arquivos, paredes e móveis do prédio. Felizmente ninguém se feriu. Ainda não foram divulgadas as possíeis saídas utilizadas pelos presos.

Iniciado às 9h, o motim terminou por volta das 14h30. De acordo com as estimativas do capitão da Polícia Militar Robson Falk, comandante do 2º Batalhão, cerca de 20 presos podem estar foragidos. A Polícia Militar reforçou o contingente na cidade com cinco viaturas de Londrina e uma de Cornélio Procópio. 

Leia Também:  Padre é espancado com coronhadas durante assalto a mão armada na Casa Paroquial

Qualquer informação sobre o paradeiro de algum fugitivo deve ser informada através do telefone 190.

*Com informações da Folha de Londrina

>>>>>Deslize para o lado para ver mais fotos

 

COMENTE ABAIXO:

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Radar

Padre é espancado com coronhadas durante assalto a mão armada na Casa Paroquial

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

Vítima foi localizada caída em uma cama com vários ferimentos na região do rosto causados por coronhadas de revólver

 

Nem mesmo os membros religiosos estão imunes a violência dos criminosos na região. Na tarde desta quarta-feira (13), um sacerdote e uma mulher foram agredidos durante um assalto a mão armada registrado em plena luz do dia na Casa Paroquial de Cornélio Procópio.

De acordo com informações da Polícia Militar, por volta das 13h a equipe foi acionada para se dirigir até a Avenida São Paulo, na Casa Paroquial, para prestar atendimento a uma ocorrência de assalto a mão armada onde uma pessoa havia sido ferida pelos criminosos. Diante do chamado, os policiais foram ao endereço informado averiguar a situação.

No local, uma mulher passou a relatar para equipe que foi surpreendida por três homens armados e encapuzados que invadiram o local e anunciaram o assalto. Em seguida, a vítima foi amarrada com uma fita e, ao conseguir se soltar, chamou a PM. Durante buscas pela residência, no segundo andar foi localizado um padre caído sobre uma cama com diversas lesões causadas por coronhadas de revólver.

Frente aos fatos, os policiais acionaram a equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para prestar apoio ao sacerdote ferido. Equipes policiais realizaram diligências em busca dos suspeitos, mas até o fechamento desta edição não foram divulgadas informações se os mesmos foram identificados e localizados. Ainda de acordo com a PM, os criminosos fugiram levando um relógio de ouro, um aparelho celular e uma quantia de dinheiro que não foi especificada.

Leia Também:  Mega operação prende 19 e encontra mais de R$ 650 mil em Jaguariaíva e Sengés

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020