conecte-se conosco

unopar

Turismo

Está de quarentena? Veja 10 lugares para visitar pela internet

Publicados

em


source

A pandemia do novo coronavírus está deixando muitas pessoas dentro de casa para evitar a disseminação da doença entre a população. Mas, o que fazer durante o dia, como se entreter e não ficar entediado?

Leia também: Qual a melhor forma de transportar o vinho na mala?

Algumas plataformas digitais disponibilizam “passeios virtuais” em museus, cidades e até planetas. Então, se você está em quarentena pelo novo coronavírus , confira abaixo as 10 viagens internas que dá para fazer sem sair de casa:

1. Visitar a ilha da MSC no Caribe

msc arrow-options
Reprodução

North Beach, uma das praias da Ocean Cay MSC Marine Reserve

A Ocean Cay MSC Marine Reserve é uma ilhota no Caribe mantida pela operadora de cruzeiros MSC. Com praias, espaços de entretenimento, restaurante, Spa e lojas para compras, o local só pode ser acessado pelos hóspedes dos navios.

Porém, quem quiser ter um aperitivo do que está na ilha da MSC, um site com viagem virtual foi criado. Veja como navegar  clicando aqui.

2. Visitar Marte

marte arrow-options
Divulgação/Nasa

Marte está entre os planetas que podem ser visitados online no Google Earth

A plataforma Google Earth pode te levar até Marte sem que você precise sair do sofá. Um mapa do terreno arenoso do planeta, feito a partir de vídeos e fotos da NASA, mostra como é o planeta vermelho.

Para navegar é fácil. Baixe o aplicativo do Google Earth e selecione o ícone “planeta” na barra de ferramentas. Escolha “marte” e vá explorando todos os detalhes registrados no espaço.

3. Vá até Paris

paris arrow-options
undefined

A torre eiffel também tem visitação virtual no Google Street View

O novo epicentro do Covid-19 é a Europa, por esse motivo, não é recomendada a viagem para países do continente. Mas, por que não visitar Paris online? Também pela plataforma do Google Street View é possível conhecer a cidade das luzes em 3D.

Leia Também:  R$ 473 mil a noite! Conheça a suíte mais cara do mundo

Para navegar, é necessário entrar no Google Maps , procurar por Paris e clicar em ícones das jornadas do Street View. O principal ponto turístico da França, a Torre Eiffel, também pode ser acessada pela web.

4. Conhecer o mundo no 360 Cities

cities arrow-options
Reprodução

A plataforma 360 Cities é indicada para visitar várias cidades no mundo em apenas uma foto

O 360 Cities é uma plataforma que reúne fotos tiradas em 360º de diversas cidades ao redor do mundo. Para “viajar” você pode acessar diretamente o site ou visitar o Google Earth. Marcadores azuis e verdes aparecem nos mapas. O azul indica a foto ampliada e os verdes as variações de imagens do mesmo lugar.

5. Passeio literário na República Tcheca

livraria arrow-options
Reprodução/ Pinterest

A livraria Strahov fica dentro de um monastério em Praga, na República Tcheca

Na República Tcheca a biblioteca do monastério de Strahov fica num edifício construído em 1143 e habitado por bispos. A viagem até Praga pode ser feita inteiramente na maior fotografia interna já tirada no mundo.

O projeto 40 gigapixels mostra todos os detalhes da biblioteca, até rachaduras no teto. A imagem está disponível no 360 Cities e para ver todos os cantos da sala é importante dar zoom na imagem.

6. Visita à Pinacoteca em Milão

pinacoteca arrow-options
Divulgação

A Pinacoteca di Brera fica em Milão, na Itália

A Pinacoteca di Brera é um dos passeios tradicionais em Milão , na Itália. Situada no primeiro andar do antigo Palácio de Brera, o espaço reúne artistas italianos e tem um catálogo online com mais de 600 peças.

Leia Também:  Hotel japonês cria maneira peculiar de acordar os hóspedes

Além das imagens disponíveis, é possível ler as descrições das obras em italiano e inglês. Também existe recurso de pesquisa por data, artista e material.

7. Museu Arqueológico Nacional de Atenas

museu arrow-options
Wikipedia

O museu arqueológico nacional de Atenas é uma boa opção de visita virtual em tempos de coronavírus

Para quem quer visitar pontos turísticos na Grécia, navegar pelo Museu Arqueológico Nacional de Atenas é uma boa opção. Esse é o passeio perfeito para conhecer obras e artefatos da civilização grega antiga.

A coleção é dividida pré-história, esculturas, vasilhas, objetos procedentes de Santorini, objetos feitos de bronze e uma coleção de arte do Egito. A consulta online é feita no site do próprio estabelecimento.

8. Galeria de Arte virtual

galeria arrow-options
Wikipedia

A galeria nacional de arte

A Galeria Nacional de Arte de Washington, nos Estados Unidos, é um dos espaços públicos mais visitados no mundo. Construída em 1937, o espaço reúne artes, esculturas, quadros, gravuras, fotos e arte decorativa.

Nomes famosos como Picasso, Andy Warhol, Van Gogh e outros estão disponíveis para os visitantes. Toda a coleção pode ser acessada online no site da Galeria, em inglês.

9. Visite o Museu do Índio

museu arrow-options
Wikipedia

Museu do Índio, em São Paulo

O Museu do Índio, mantido pela Funai, pode ser visitado online. Localizado em São Paulo, o espaço tem cinco exposições na aba virtual e tem como objetivo difundir a cultura dos povos ancestrais.

10. Museu da Pessoa

museu arrow-options
Divulgação

Museu da Pessoa, em São Paulo, tem visita virtual

O museu da pessoa, localizado também na cidade de São Paulo, pode ser acessado via online. Com o objetivo de “mudar o seu jeito de ver o mundo”, o espaço tem seis exposições e é colaborativo, ou seja, aumenta seu arsenal com a ajuda.

Leia também: 11 museus brasileiros que valem a visitação

Empresas, visitantes e voluntários mantém o Museu da Pessoa aberto e em funcionamento. Ficou interessado em visitar algum dos lugares citados acima de maneira a fugir do novo coronavírus ? Deixe seu comentário abaixo.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Campos Gerais

Sengés, o paraíso espera por você

Publicados

em

Lindo espetáculo natural na divisa do Paraná com São Paulo - Foto: Divulgação AEN

Da Redação

Em tempos de pandemia, shoppings e parques urbanos fechados e vida foram do comum a natureza diz: sempre estive aqui e sempre vou estar. Nesses tempo difíceis este é o recado que o planeta nos dá sobre valorizar o natural.

E uma das mais deslumbrantes belezas naturais do Paraná está logo aqui ao lado em Sengés, que vem se tornando referência no turismo nacional e estadual. Rica em belezas da natureza, é um destino que serve como refúgio para quem deseja se desestresar e se desligar da correria do dia a dia.

Considerado o paraíso das cachoeiras o município é localizado na divisa com o Estado de São Paulo, a cerca de 40 km de Jaguariaíva, Sengés tem pouco mais de 20 mil habitantes distribuídos pelas zonas rural e urbana.

Sengés é ainda abençoado com cânions, vales, lagos, grutas e represas que rendem cenários espetaculares de turismo para quem adora ter esse tipo de conexão com o meio ambiente. Como ponto turístico, visite o Poço Encantado, faça a trilha das cachoeiras e encante-se com as quedas d’água da Cachoeira do Corisco.

Leia Também:  Expresso Turístico: Passageiros poderão pedir reembolso ou remarcar passagens

O nome Sengés é uma homenagem ao engenheiro Gastão Sengés, responsável pela construção do trecho da estrada de ferro que cortava a cidade.

A CACHOEIRA DO CORISCO

A atração possuiu a maior queda d’água da região, com aproximadamente 106 metros. Quase na desembocadura do Rio Capivari sobre o Rio Itararé, a cachoeira oferece um bonito espetáculo ao precipitar suas águas cristalinas

Cachoeira do Corisco – Foto Divulgação

sobre um lajeado escuro, proporcionando um contraste surpreendente. Completando o conjunto natural, pode-se apreciar uma exuberante floresta, formações rochosas e campos, com um forte impacto visual.

Localizada em propriedade particular, é imprescindível a autorização dos proprietários. Sendo assim o acompanhamento de guia neste local se faz obrigatório.

PARQUE DA BARREIRA

No paredão de arenito em volta do Rio Itararé, que divide o Paraná de São Paulo, é possível contemplar uma belíssima paisagem. De um lado, a calmaria; de outro, a agitação das águas do rio. Dali saem centenas de andorinhas

Parque da Barreira – Foto Divulgação

de seus ninhos, formando uma bela visão da natureza. O retorno das aves ao entardecer é outro espetáculo. O acesso ao local é apenas pelo lado paulista.

Leia Também:  7 lugares para se sentir e conhecer a Itália sem sair do Brasil

CACHOEIRA DO SOBRADINHO

Cachoeira do Sobradinho – Foto Divulgação

Um verdadeiro espetáculo da natureza. Com uma queda de aproximadamente 40 metros de altura, a Cachoeira do Sobradinho é uma parada obrigatória para quem visita a cidade. É um lugar que transmite paz e tranquilidade, ótimo para passear, refrescar-se nas águas cristalinas e vislumbrar a paisagem extraordinária.

SOBRE O MUNICÍPIO

Com um passado cheio de história, os primeiros moradores chegaram por volta de 1883, atraídos pelo solo e riquezas naturais. Em 1930, a cidade também virou passagem de combatentes da Revolução de 30, os quais ficaram por muitos dias utilizando das fazendas para concentração e igreja como “hospital” para soldados.

Com a economia fortemente direcionada ao ramo madeireiro, Sengés é referência no setor e considerada a “Capital da Madeira”. É um destino de inúmeras belezas naturais, de refúgio rústico e tranquilo, além de atrações de aventura, como rapel nas cachoeiras.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020