conecte-se conosco


DIREITOS AUTORAIS

Julgamento de Gusttavo Lima é marcado e ele pode perder R$ 20 milhões

Cantor foi processado pelo compositor André Luiz Gonçalves por causa dos direitos autorais de ‘Fora do Comum’

Publicados

em

Por O Dia , por Fábia Oliveira

Em primeira mão esta jornalista que vos escreve antecipa que a briga judicial milionária entre o compositor André Luiz Gonçalves, conhecido no meio da música como De Lucca, e o cantor Gusttavo Lima, ganha um novo episódio no próximo dia 25. Nesta data será realizado o julgamento virtual do processo em que André pede indenização por danos morais e materiais ao artista.

O valor da causa, divulgada com exclusividade por esta coluna, é de R$ 20 milhões. Na ação, o compositor alega que Gusttavo Lima utilizou-se indevidamente dos direitos autorais de sua composição Fora do Comum , um dos sucessos na voz do sertanejo. Ele também diz que Gusttavo chegou a fazer promessas sobre novas parcerias que nunca foram cumpridas.

O processo , que corre na 30ª Vara Cível de Goiânia, já teve duas audiências de conciliação que terminaram sem acordo. Na última, que aconteceu em novembro do ano passado, André afirma que a defesa de Gusttavo Lima ofereceu um acordo para que ele recebesse R$ 50 mil em 10 vezes de R$ 5 mil, além de uma proposta do escritório do cantor para gravar um disco. Agora, a ação tramita em segunda instância.


Fonte: undefined – iG @ https://gente.ig.com.br/colunas/fabia-oliveira/2020-05-22/julgamento-de-gusttavo-lima-e-marcado-e-ele-pode-perder-r-20-milhoes.html

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Com estreia prevista para dezembro, gravações de novo "Avatar" serão retomadas

Entretenimento

Saudade inspira estudante de Curitiba a construir colégio no jogo Minecraft

Publicados

em

Foto: Reprodução/Internet

Em tempos de isolamento, vale tudo para aliviar a saudade sem colocar em risco a saúde de todos e seguindo a regra fundamental para achatar a curva de contaminação da Covid-19: ficar em casa o máximo de tempo possível. A maneira encontrada pelo estudante da 1a série do Ensino Médio, Lucas Werneck, de 15 anos, de conciliar a saudade de estar na escola e das pessoas do seu convívio com a quarentena tem sido recriar cada detalhe de toda a estrutura física do colégio por meio de um jogo eletrônico, que permite construir blocos tridimensionais.

Usando a versão para celular do Minecraft (Pocket Edition) e recursos de textura, em menos de três meses, Lucas já reproduziu a fachada de todas as instalações que compõem a unidade Jardim Ambiental do Colégio Positivo, em Curitiba. “Desde a infância, entre 8 e 10 anos, sempre gostei de construir no Minecraft, mas com o tempo fui parando de jogar. Agora, com a quarentena, aproveitei para voltar. E a primeira coisa que veio à minha cabeça para construir, da qual eu me lembrava bem, foi o colégio”, conta.

Leia Também:  Sandy chama Xororó para cantar "Evidências" em live; veja o vídeo

 

Via: Bem Paraná.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA

Aviso importante: A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal não é permitida e, caso se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, entre em contato por e-mail. Copyright © 2020